sexta-feira, 25 de maio de 2012

Meu Deus e eu....



Ah, preciso escrever para desabafar. Sou daquelas.. se não escrevo, surto. Ficar quieto nunca foi a minha praia, mas como os ataques vem de gente que se esconde atrás de nicks sem nome completo (ou real) e emails inexistentes, só me resta escrever no meu blog...

Em primeiro lugar, eu prezo poucas coisas na vida. Numa lista fora de ordem: Meu fandom, meus livros, minha família, minha liberdade, meus amigos, meu Grêmio....
Mas, no topo de tudo isso está Deus.
Eu prezo minha relação com Deus.
Daquela forma em que me preocupo se noto que não falei com Ele no dia, ou se fiz algo errado que pudesse entristecê-lo. Mais da maioria dos meus amigos são ateus e acham essa minha forma de "ver a vida" um tanto louca, mas, eu sou escritora, então nada mais "normal" que eu ser "louca".


Porém, agora querem destruir minha relação com Deus.
Pois é... resolveram que eu não tenho mais esse direito... não posso mais agradecer a Ele pelas conquistas, etc...
Quem decidiu? Não sei... covardes nunca tem face. Apenas sabem se esconder...

Bom, todos sabem que 3 dos meus 6 livros são dedicados ao publico GLBT. O Último deles, Traços, é um curto romance histórico entre um elfo e um humano. Bom, o livro teve uma fama imediata, não sei bem se pelo teor ou pelo preço (é a mais barata das minhas obras), e em menos de 10 dias chegou a 10º obra mais vendida no segmento de REALISMO FANTASTICO do Clube de Autores.

Uau, você deve pensar.
É, eu também pensei. O livro já foi lido por professoras, estudantes de história e amantes de mitologia, e recebeu bons elogios. Mas, eu sempre me preparei pra críticas. Mas, claro, pra críticas ao roteiro. Romance mitologico não é a minha especialidade, e por mais que eu estudei, sempre acho que cometo erros nas descrições de ambientes, ou da própria história celta.

E não é que ontem eu recebo minha primeira crítica. Claro, de alguem que NÃO LEU NEM COMPROU, já que todos que adquiriram até agora já entraram em contato comigo...


Bom.. e o que dizia, você deve estar pensando? Não, não foi nada referente a erros de português, nem a diagramação, nem algum erro que possivelmente eu possa ter cometido no enredo...

Foi isso:

 Li duas vezes, tentando entender.
Uma obra celta... uma história mitologica...cristianismo?

Primeiramente pensei que ela estava enganada, mas depois de algum tempo pensando, eu finalmente compreendi....

A moça, cristã pelo que diz, leu as primeiras páginas que estão disponiveis na area de compra do livro, e viu na pág 5:

"Agradecimentos
Como sempre, primeiramente a Deus, o mantenedor de tudo. Obrigada por sempre estar do lado e forças para prosseguir."


Até achei engraçado, porque eu mesma, depois de cuidar tanto do livro para que não tivesse erros, esqueci do "dar forças" nos agradecimentos. Mas, meu Jesus sabe que é pra ele...

Pois bem. Depois de saber o que era... o sangue esquentou.

PERAI, NINGUEM VAI INTERFERIR NO MEU RELACIONAMENTO COM DEUS! E TUDO POR QUE? PORQUE EU SOU ESCRITORA DE LIVROS GLBT? Quem deu o direito a essa gente de me negar o direito de agradecer ao MEU DEUS qdo eu quisesse????

Como ela tem o direito de falar o que quiser, eu também me reservo ao direito de respondê-la. E, é claro, com toda a minha inexistente educação, porque se existe algo que eu prezo, e percebo que alguém quer interferir, eu reajo na hora!

Não deu outra. Hoje de manhã, outro pseudo escritor me deixou uma mensagem falando que eu devia aceitar as criticas...

 Vocês podem ler o relato inteiro aqui: http://clubedeautores.com.br/book/128616--Tracos


Caros amigos blogueiros, leitores, conhecidos: Fiquem a vontade para criticar Traços. A VONTADE. É uma obra independente, sem uma revisão paga (mas uma revisão otima por uma amiga profe, dona Fabi^^), capa também doada, e toda a pesquisa feita "na raça" por essa que vos escreve. Graças as críticas construtivas que recebi nos outros 5 livros, acho que atingi um ótimo nivel de maturidade literária em Traços. Por isso, sério, a vontade.

Mas, se você acha nojento ou coisa do diabo o amor igualitário, por favor, ME POUPE  e SE POUPE de brigas, porque eu não vou tolerar homofobia, ok?
NÃO VOU. Nem agora, nem nunca.

13 comentários:

Unknown disse...

Bom, se você me pediu pra ler, é pq chegou aquele dia em que tudo que você crê/faz/pensa foi questionado, pesado e mexido.
Querida, vou te falar o que eu experimentei da vida, como uma crente e como defensora dos direitos dos homossexuais.
SIGA O SEU CORAÇÃO. Uma das coisas mais lindas escritas na Bíblia é "NADA pode nos separar do amor de Deus." Nada, ninguém, nem nós mesmos. A gente, como meros seres humanos, não conseguimos conceber tamanho amor. Com a nossa visão minúscula e doente não alcançamos tal grandeza. As pessoas geralmente julgam, apontam dedos e DISTORCEM a realidade de acordo com o seu mundinho trágico e triste. Seja maior que elas. Seja humilde perante o Único Grande. E não desista dos seus sonhos.

Josy-chan disse...

Silvia
Mas doi ne? Nossa, e como... eu vi a Blanxe e a Samila, que tambem sao autoras dessa tematica revoltadas... e depois falando com a Samila eu percebi que todo aquele que escreve literatura Queer sente essa dor...

Mto triste amada, o mundo é realmente podre, sujeito as piores coisas... e o amor de Cristo? Escondido em tanta religiao...

Obrigada pelas palavras...

Lilian disse...

Não entendo a dificuldade das pessoas de ater-se à própria vida e de deixar a dos outros em paz.

Não importa se creio ou se não creio, se me relaciono afetivamente com homem ou mulher, quanto dinheiro tenho na conta ou a cor da minha pele. Tudo que deveria contar é meu caráter. A forma como trato meu semelhante. Mas chegar a esse nível de compreensão é pedir demais da sociedade, ao que parece.

Bom, tratar de temas polêmicos é se expor à ignorância dos outros, porque não podemos escolher quem vai ver o que a gente escreve. Sei que é revoltante, me sentiria assim no seu lugar, com certeza. Mas vamos lá, ergue esse queixo e continue fazendo aquilo que você acredita. E fazendo bem feito.

Pena que essa pessoa seja ignorante demais para compreender isso e covarde demais para dizer o que pensa usando o próprio nome. Só posso lamentar.

Abraços!

Josy-chan disse...

Lilian...
esse tipo de pessoa acha que atua em NOME DE DEUS. Então, nao da pra se esperar mto...

Suellen disse...

Bem amiga só tenho a dizer que siga em frente e força. Criticas construtivas ao seu livro deve vir sempre, mas essas 'coisa' deve ser ignorada.

Boa sorte e deixa essa pessoa para lá. Se você soubesse o que eu sei...


Beijos linda!

Josy-chan disse...

Q ce sabe, Su?

Gene Maia disse...

Josy mas é cada uma que eu vejo, mas tem gente que não tem o que fazer mesmo, em vez de procurar uma trouxa de roupa pra lavar fica se enxirindo na crença e na vida dos outros.
É muito fácil críticar usando uma "máscara" pra se esconder e difícil é ser que nem vc, dando a sua cara à tapa.
Críticas sem fundamento tmb fazem parte sua rotina pelo visto, infelizmente, mas pense nisso como incentivo pra continuar sendo competente como vc é e cada vez alcansar mais sucesso.

PS: Tmb fiquei curiosa pra saber do que ela sabe, rsrsrs.

Gene Maia disse...

*Ignore meus erros de português please!*

Josy-chan disse...

Gene amor
Sim, pode ter certeza, isso é um incentivo e vem mais livro GLBT por aí!

DPNN disse...

Infelizmente, muitas pessoas não entenderam a verdadeira mensagem de Jesus e saem por aí distribuindo burrice e intolerância em nome de Deus. Um absurdo. Eu sou gay, filho de católica e de judeu, não sigo religião alguma, mas tenho simpatia pelo kardecismo. Tenho ótimos amigos evangélicos, católicos (até padres) e sempre fui respeitado por todos eles.
Siga o teu caminho de sucesso e deixe esse pessoal destilando seu ódio e inveja. Sim, inveja, pois só isso explica alguém ir até a página de um livro GLS só para criticar. Se não curte, vá ver outra página, é simples....

Anônimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra
http://commanderviagragenerique.net/ viagra prix
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra generico
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra generico

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis pas her
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis vente
http://prezzocialisgenericoit.net/ comprare cialis online
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis comprar

Escritor Jean C. de Andrade disse...

Olá Josiane Veiga, estou sempre te acompanhando pela rede e gosto muito de seus escritos, sou muito religioso, faço parte da Igreja Católica e exerço trabalhos nela, além de ser autor de Sete Livros, penso que a religião ou a falta dela é algo particular de cada um, do mesmo modo que a relação com Deus que cada pessoa tem, é intimo e ninguém tem nada com isso, seu modo de se expressar para com Deus, é seu, continue assim, quem te critica sobre isto, está totalmente fora da realidade, nem religioso é, pois está julgando, escreva tudo que quiser, este dom é seu e é lindo, atinja todas as áreas e pensamentos, não se assuste com pseudos escritores ou aqueles que se dizem religiosos, a escrita atinge vários pensamentos e muitas vezes incomoda, isto que é legal, faz pensar, mas incomoda muito mais quem se acha o dono da verdade, estou contigo nessa... Jean C. de Andrade.