sexta-feira, 15 de abril de 2011

A Rosa Entre Espinhos - LANÇAMENTO

Hoje enfim saiu REE, minha primeira original, totalmente remodelada, corrigida, ajeitada, linda. Enfim, um trabalho que me orgulho muito de ter feito. Tenho alguns agradecimentos especiais a fazer:

1º Paola: Minha beta. Ela é a pessoa que briga comigo, me faz me sentir uma analfabeta, e critica meus textos de forma clara e objetiva. Mas, se não fosse por ela, jamais chegaria onde cheguei. Paola corrige de uma forma unica, é clara no que não gosta, e sempre acreditou no meu potencial. Se hoje eu sou uma boa escritora, muito se deve a ela. Muito obrigada flor!

2º Melissa (petit): a fanartista. Mel é minha filha amada, que sempre estava lá para surtar e torcer pros vilões, assim como eu. Seu incentivo foi muito importante e sem ele não teria conseguido chegar ao final.

3º Luciane Rangel: o ídolo. Lucy é a pessoa que "chegou lá" que mais me incentivou na carreira. É dela o prefácio de REE, e é dela muito da obra. Seus conselhos, seus comentários, enfim, tudo que fez por mim, me ajudou muito.

4º Kane, Amanda, Vicky, Storm, etc... todos os leitores da "fics originais", que sempre me trataram melhor do que eu mereço. Muito obrigada.

Enfim, a todos que sempre estiveram do lado, leitores meus ou não, obrigada por tudo.

Enfim, apresento-lhes meu terceiro livro:

A Rosa entre Espinhos



Na maldade da vida, ela aprendeu a viver...

Mairi amou Ian McGreggor no mesmo instante em que o viu. No entanto, a moça de olhos claros não imaginava que sua paixão pelo duque de York estava seriamente corrompida por uma maldição....E que o amor de seus sonhos se tornaria um pesadelo.

Violada, grávida, destruída, ela se vê obrigada a viver ao lado de um homem que não mais conhece. O antigo amor tornou-se repulsa, e as crenças tão firmemente enraizadas em seu ser começam a tornar-se dúvidas. Nesse mar de sentimentos e incertezas, enfim, ela precisa saber se está pronta para perdoar.

Nos braços de uma mulher, ele aprendeu a crescer...

Ian McGreggor viu, sua vida virar do avesso. Acusado de assassinato, com a loucura da mãe, e fantasmas pelo castelo, o rapaz se vê tomado de ódio pela única mulher que amou. Sem escrúpulos, fere-a sem piedade, para mais tarde entender que o sofrimento dela não lhe causava nenhum alento.

Como recuperar o amor de alguém que não o suporta? E como provar sua inocência duvidando de si mesmo?


Link: http://clubedeautores.com.br/book/43068-
-A_Rosa_entre_Espinhos

3 comentários:

Suellen disse...

Eu me recordo quando o livro era apenas uma fic que me deu enormes pesadelso com uma cena em especial. Você a deixou?

Boa sorte!

Parabéns por realizar mais um sonho.

=D

Josy-chan disse...

sim amore... nao dava pra tirar, ne? hehehe

Cassia disse...

olá visite meu Blog e dê sua opinião

Bjus

http://aleitoracassia.blogspot.com/